GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como são organizados os fogos do Réveillon de Copacabana?

As preparações começam 90 dias antes e envolvem 1,5 mil pessoas e 24 toneladas de fogos de artifício

fogos de artifício

ILUSTRA Davi Augusto

Show no mar

O Réveillon mais famoso do Brasil dura 16 minutos. Desde a festa de 2000/2001, quando um acidente matou uma pessoa e feriu dezenas, os fogos de artifício não são mais lançados da areia. Agora, eles ficam a bordo de 11 balsas, a uma distância de 400 m da praia. As embarcações saem da ilha do Governador na manhã do dia 31 de dezembro e são posicionadas pela Marinha

Cada bomba a seu tempo

No total, são 2.330 fogos de artifício (ou 24 toneladas de bombas!) Distribuídos entre as balsas, eles ficam presos em suportes e são interligados por pavios. O posicionamento é feito de acordo com o tipo e o momento em que cada um deve ser disparado. São usados mais de dez estilos de explosivos diferentes, que criam efeitos variados no céu carioca

Fogo cruzado

Em cada uma das embarcações, quatro operadores ficam trancados em um contêiner blindado.Dois são especialistas em fogos, um é bombeiro e o outro é treinado para conduzir uma lancha em uma fuga de emergência. Todos estão ali para resolver qualquer imprevisto durante o show, de problemas técnicos a incêndios

Reis do camarote

Para quem não quer sujar os pés de areia e ficar no meio da muvuca, dá para acompanhar a festa do meio do mar. Nas laterais da praia, existe uma área reservada para dez navios de cruzeiro e mais de 250 barcos de turismo náutico. Mas prepare o bolso: uma passagem não sai por menos de R$ 45 mil. Dá-lhe Mega-Sena da virada!

Arte explosiva

A preparação da festa começa 90 dias antes e envolve cerca de 1,5 mil pessoas. Os fogos tem uma atenção especial: seus padrões e cores são definidos por uma equipe de designers e engenheiros. Para isso, são realizados muitos estudos de efeitos e esboços para cada desenho a ser formado. Esses profissionais também cuidam dos materiais e da logística

Controle remoto

O sinal eletrônico que aciona os fogos é disparado por técnicos em uma central montada no hotel Copacabana Palace, na Av. AtlânticaEles estão em constante comunicação com a equipe nas balsas para sincronizar as atividades. E é assim, de camarote, que acompanham a queima de fogos e monitoram se tudo está seguindo a programação

ESTATÍSTICAS INCRÍVEIS

– A festa reúne 2 milhões de pessoas

– Turistas deixam US$ 650 mil na cidade

– 90% dos hotéis de Copacabana ficam lotados

– Dez dias em um apartamento com vista para o mar não sai por menos de R$ 25 mil

– 18 bandas se apresentam em três palcos

– Mais de 2 mil agentes da lei

– 500 banheiros químicos

– 370 toneladas de lixo recolhidas

 

FONTES RioTur e Prefeitura do Rio de Janeiro