Clique e assine a partir de 8,90/mês

Como surgiram os estados brasileiros?

Veja a evolução do mapa do país desde a época do descobrimento até a versão atual

Por Danilo Cezar Cabral - Atualizado em 11 out 2018, 12h28 - Publicado em 13 mar 2009, 18h34

Veja a evolução do mapa do país desde a época do descobrimento até a versão atual.

1534 – TERRAS DE CAPITÃO

1534

Trinta e quatro anos após o Descobrimento, o litoral brasileiro estava sendo saqueado a torto e a direito por piratas em busca de pedras preciosas e madeiras raras. Para manter o controle do território, a coroa portuguesa decidiu criar as capitanias hereditárias, 15 faixas de terra que se estendiam da costa até a linha imaginária do Tratado de Tordesilhas. Para tomar conta desses primeiros “estados” do país, foram nomeados capitães-donatários.

1709 – A CASA DAS SETE PROVÍNCIAS

Continua após a publicidade

1709

Em 1709, os portugueses resolveram reorganizar a colônia em função dos benefícios específicos que cada região poderia trazer para a coroa. Nasceram, então, as sete províncias, imensas extensões de terra com fronteiras mais bem definidas. Além dos aspectos econômicos, a criação das províncias visava obter um controle ainda maior sobre o território, constantemente ameaçado pela ação de piratas e do “olho grande” espanhol

1822 – RASCUNHO IMPERIAL

1822

Após a Independência, em 1822, o Brasil foi repartido em diversas novas províncias, “rascunhos” do que viriam a ser os futuros estados. O mapa atual do Nordeste, por exemplo, já está quase todo lá (quase todos os atuais estados do Nordeste têm sua origem nas províncias do império – apenas Sergipe ainda não estava no mapa). As províncias de Mato Grosso e Goiás nasceram após o enxugamento da antes superpoderosa província de São Paulo. No Sul, contávamos ainda com a província da Cisplatina, que pertenceu ao Brasil até 1829, quando um movimento separatista obrigou o país a reconhecer a independência da região, que deu origem ao Uruguai

Continua após a publicidade

1942 – ESTADOS DE SÍTIO

1942

Rolaram grandes mudanças no mapa após a Proclamação da República, em 1889, como a própria adoção da palavra estado para nomear as porções do território. Além do Amazonas, criado em 1889, as novidades no mapa são os territórios do Acre – comprado da Bolívia em 1903 -, Amapá, Rio Branco e Guaporé.Em 1942, o Brasil entrou na Segunda Guerra e, como estratégia de defesa e administração das fronteiras, o governo desmembrou algumas áreas, criando novos territórios, como Amapá e Guaporé, no norte, e Iguaçu, no sul. Mais tarde, alguns desses territórios viraram estados e outros desapareceram, reintegrados à sua região de origem (como Ponta Porã e Iguaçu). Outra curiosidade da Guerra foi que o território de Fernando de Noronha foi desmembrado de Pernambuco, servindo de base militar dos EUA

1990 – DEPOIS DA PLÁSTICA

1990

Continua após a publicidade

A partir de 1960, ano da inauguração de Brasília, rolaram as últimas mexidas que deixaram o Brasil com a cara que tem hoje, com seus 26 estados mais o Distrito Federal. Criado naquele ano para abrigar a nova capital, o Distrito Federal não é um estado, mas um território autônomo com regiões administrativas.Além da “promoção” de alguns territórios, como Acre e Rondônia, a estados, Fernando de Noronha voltou a fazer parte de Pernambuco e nasceram Mato Grosso do Sul (desmembrado do Mato Grosso) e Tocantins (fatiado de Goiás). Os territórios de Amapá e Roraima foram promovidos a estados após a Constituição de 1988, não sofrendo nenhuma alteração de suas fronteiras.

NAÇÃO DE RETALHOS

Nos últimos anos, chegaram várias propostas ao Congresso para a criação de novos estados e territórios no país, sendo que muitas ainda estão em curso. Veja como seria o jeitão desse Brasil “de retalhos” caso algumas delas tivessem sido aprovadas

retalhos mapa Brasil retalhos mapa Brasil1) Estado de Solimões

2) Território do Alto do Rio Negro

Continua após a publicidade

3) Estado de Tapajós

4) Território de Marajó

5) Estado de Carajás

6) Estado do Maranhão do Sul

7) Estado do Planalto Central

Continua após a publicidade

8) Estado de Minas do Norte

9) Estado do Triângulo

Publicidade