Clique e assine a partir de 5,90/mês

Existem lagartos marinhos?

A iguana-marinha é nativa das ilhas Galápagos, base para a teoria da evolução de Charles Darwin

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h11 - Publicado em 18 abr 2011, 18h53

Por incrível que pareça, sim. Trata-se da iguana-marinha (Amblyrhynchus cristatus), um animal só encontrado nas ilhas Galápagos, localizadas no oceano Pacífico, a cerca de mil quilômetros da costa do Equador. Estima-se que existam entre 200 mil e 300 mil indivíduos da espécie no arquipélago, concentrados principalmente nas regiões costeiras. As iguanas foram um dos primeiros habitantes de Galápagos, as ilhas visitadas pelo naturalista inglês Charles Darwin no século 19 e que serviram de base para a formulação da teoria da evolução das espécies. Os cientistas acreditam que essa iguana era inicialmente terrestre, mas, por falta de alimentos, passou a fazer incursões no mar. Hoje seu prato predileto são algas marinhas. Fêmeas e filhotes costumam se alimentar nos recifes, mas os machos são capazes de mergulhar por cerca de dez minutos, atingindo mais de 10 metros de profundidade.

Como é um animal de sangue frio – ou seja, não tem mecanismos para regular a temperatura do corpo, que varia de acordo com o ambiente -, a iguana-marinha fica tomando sol antes de mergulhar até atingir uma temperatura em torno de 36 ºC. Só então ela se aventura no mar, já que a água fria pode fazer sua temperatura cair 10 ºC, reduzindo sua capacidade de se movimentar e deixando-a vulnerável aos predadores.

Publicidade