GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O misterioso sumiço dos Irmãos Sodder

Caso que intrigou os EUA já tem mais de 70 anos e nenhuma solução. Teriam as cinco crianças morrido num incêndio?

sumico-dos-irmaos-sodder

 (/)

1. A família Sodder morava em um sobrado na zona rural de Fayetteville (EUA). Após a ceia da véspera de Natal de 1945, os pais, George e Jennie, os dois filhos mais velhos e a caçula, de 2 anos, foram dormir. Marion, a filha mais velha, e os outros cinco irmãos ficaram acordados, brincando na sala

2. Pouco depois da meia-noite, o telefone tocou. Jennie atendeu, mas era engano. Ela viu Marion dormindo no sofá e estranhou que as cortinas estavam abertas. e as luzes acesas. Ela não avistou os outros filhos, mas presumiu que estavam recolhidos em seu quarto, no sótão

3. Após fechar as cortinas, Jennie voltou para a cama. Por volta da 1h, ela acordou com o som de um estampido no telhado e o barulho de algo rolando nas telhas. Não escutou mais nada e dormiu de novo. Mas, meia hora depois, foi despertada com cheiro de fumaça. A casa estava em chamas

4. O casal desceu em disparada com a caçula no colo. Os dois filhos mais velhos e Marion também fugiram rapidamente. Ao ver que os outros cinco não saíram do sótão, George tentou voltar para resgatá-los, mas fortes labaredas consumiam a escadaria que levava ao cômodo e ele não pôde avançar

5. George tentou acessar o sótão pelo lado de fora, mas a escada que ficava no quintal havia sumido. O carro da família também não funcionou e o telefone do vizinho estava mudo – o que os impediu de buscar ajuda e chamar os bombeiros, que só chegaram ao local na manhã seguinte

6. O fogo consumiu a casa. No rescaldo, no entanto, não foram encontrados ossos humanos. Os peritos disseram que os corpos dos menores haviam sido totalmente incinerados. Mas objetos ainda reconhecíveis puderam ser achados nas cinzas. Intrigado, o casal passou a crer que as crianças não estavam na casa na hora do incêndio

7. Buscando os filhos, o casal instalou, na entrada da cidade, um outdoor com as fotos dos cinco. O caso ganhou visibilidade nacional e, nos anos seguintes, surgiram vários relatos de avistamentos dos menores – a maioria descartada como falsa. As autoridades continuaram sustentando que os cinco tinham morrido no incêndio

8. Por volta de 1960, Jennie recebeu uma carta, sem remetente, com uma foto de um rapaz. No verso, lia-se “Louis Sodder”, nome de um dos filhos sumidos. Jennie acreditou que era genuína, mas sua origem também nunca foi explicada. Se as crianças sobreviveram, elas jamais se pronunciaram. A mais nova hoje teria 77 anos

sumico-dos-irmaos-sodder2

 (/)

Teoria 1 – Rapto

Para a família, o fogo foi uma distração para o rapto das crianças – que teriam sido retiradas antes da tragédia. Elas teriam sido levadas para longe, talvez para o exterior. Mas por que nunca teriam feito contato com os pais?

sumico-dos-irmaos-sodder3

 (/)

Teoria 2 – Vingança

Cogitou-se também que fosse vingança. Meses antes, George recebeu a visita de um corretor de seguros que tentou lhe vender uma apólice residencial. O negócio não foi fechado e o homem, irritado, advertiu George de que sua casa sofreria um incêndio e os filhos seriam “destruídos”

sumico-dos-irmaos-sodder4

 (/)

Teoria 3 – Incêndio criminoso

Há boas chances de que o incêndio tenha sido criminoso. Os bombeiros apontaram um curto-circuito, mas a família duvidou, pois a rede elétrica tinha sido refeita havia pouco tempo e, além disso, as luzes de Natal continuaram acesas no princípio do incêndio. Anos depois, um motorista de ônibus afirmou ter visto um homem jogando “bolas de fogo” no telhado da casa dos Sodder