Clique e assine a partir de 5,90/mês

Por que o ácido não corrói vidro?

O vidro é considerado um material praticamente à prova de qualquer tipo de corrosão

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h12 - Publicado em 18 abr 2011, 18h59

O principal motivo é a inexistência de afinidade química entre a maioria dos ácidos e a sílica, principal substância que compõe o vidro. Ou seja, ácidos e sílica reagem muito pouco entre si.

“Outro fator que torna o vidro resistente ao ácido é o fato de ele não ser poroso”, afirma o físico Colin Graham Rouse, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo. Isso dificulta a penetração de qualquer líquido e, conseqüentemente, a interação entre suas moléculas e as do vidro.

Pelo mesmo motivo, o vidro é considerado um material praticamente à prova de qualquer tipo de corrosão. Há, porém, alguns poucos ácidos capazes de destruí-lo – como o hidrofluorídrico, usado industrialmente, e o fosfórico, quando altamente concentrado.

Publicidade