GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quando surgiu o primeiro shopping?

Depende do que você considerar shopping center. Se for simplesmente um local construído para várias pessoas negociarem coisas, o marco inicial talvez sejam os grandes bazares persas – o de Isfahan data do século 10. Mas, considerando a concepção moderna de shopping center como um local que oferece produtos dos mais diversos tipos e opções de entretenimento, o título pode ser conferido à galeria Le Bon Marché (“O Bom Mercado”, em francês), em Paris, cuja fundação data de 1852. Mas não pense que a primazia dos franceses é unânime. Os opositores argumentam que, apesar de oferecer uma variedade de produtos, as galerias francesas eram lojas de departamentos e não shopping centers. São esses os que puxam a brasa para a sardinha dos americanos. Mas, se aceitamos o shopping como uma invenção americana, caímos em outra controvérsia: para alguns, o primeiro foi o Country Club Plaza, em Kansas City, fundado em 1922; para outros, o verdadeiro pioneiro é o Market Square, em Chicago, que abriu as portas seis anos antes. Abos tinham lojas de diversos tipos, opções de lazer e área específica para estacionamento de carros, o que é um ponto importante no conceito americano. A diferença é que o Country Club nasceu com um sistema de gerenciamento mais próximo do atual, com uma entidade independente organizando a distribuição do espaço e alugando lotes para o dono de cada loja. Ambos seguem em funcionamento até hoje, assim como o primeiro shopping brasileiro, o Iguatemi, de São Paulo, fundado em 1966. Foi o pioneiro não só no Brasil, mas na América Latina – e isso, não há quem conteste.