Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Podcast Dossiê #5: Nióbio

As reservas brasileiras de nióbio valem até 30 trilhões de dólares. Mas como é feita a exploração desse metal? Quem ganha com ele?

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 fev 2020, 13h40 - Publicado em 9 out 2019, 16h29

Parece até mágica. Você joga um punhadinho de nióbio em 1 tonelada de aço, e ela se torna muito mais resistente. Carros, pontes, turbinas de avião, aparelhos de ressonância magnética, mísseis, marcapassos, usinas nucleares, sondas espaciais: praticamente tudo o que é eletrônico ou leva aço fica melhor com um pouco de nióbio. É um metal extremamente valioso. E o Brasil detém 98% de todas as reservas mundiais. Mas quem ganha com a exploração do nióbio? Ele é a chave para o País dar um salto de desenvolvimento?

Para descobrir, conversamos com o jornalista Tiago Cordeiro, autor da reportagem “A verdade sobre o nióbio”, e Rafael Mesquita, diretor de tecnologia da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), empresa que domina o mercado mundial de nióbio.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.