GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Água da privada é potável?

Texto Michele Silva

Não. Nunca. Nem pense nisso. Se pensou “poxa, mas a caixa-d’água é a mesma, a louça é tão branquinha”, pensou errado. E, se agiu antes de pensar, deve procurar um médico. Sério, existem formas mais higiênicas de chocar a sociedade burguesa.

De acordo com o biólogo e professor de saúde ambiental da USP José Luiz Negrão Mucci, seres humanos que beberem água do vaso podem ter graves complicações (cachorros e gatos são mais resistentes). “Ali há protozoários e bactérias que podem causar diarréia, hepatite e infecções que ficam no organismo durante um longo período”, diz. Além disso, o cloro colocado pelos órgãos de tratamento da água não tem a concentração suficiente para matar todos os germes que ficam no vaso.

Mesmo que a idéia de matar a sede na privada nunca tenha passado pela sua mente sã, é preciso tomar cuidado, pois objetos próximos do trono também podem ser contaminados. Em alguns exames, foram encontrados micróbios de origem fecal nas cerdas de escovas de dentes. A origem, claro, era a privada, provavelmente porque alguém deu descarga com a tampa aberta, lançando bactérias pelo ambiente.

Mas, calma, não precisa jogar no lixo tudo que estiver sobre a pia do banheiro. O biomédico garante que os desinfetantes e a limpeza regular matam as bactérias, e o risco de contaminação é pequeno. “É um dos locais menos contaminados, porque é limpo regularmente”, diz. Mas, por precaução, é bom manter objetos de uso pessoal protegidos no armário.