Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Maconha afeta formação do cérebro

Estudo mostra que ela pode causar alterações anatômicas no órgão se for consumida durante a adolescência - e isso tem consequências comportamentais

Por Bruno Garattoni 15 jul 2021, 10h37

O uso da cannabis na adolescência interfere no desenvolvimento do órgão, que fica com áreas do córtex pré-frontal mais finas (um efeito que geralmente só se manifesta na velhice), e maior quantidade de receptores canabinoides, que se conectam às moléculas da droga.

Foi essa a conclusão de um estudo realizado por cientistas de sete países (1), que analisaram 1.598 exames de ressonância magnética realizados por 799 adolescentes entre 14 e 19 anos. Os pesquisadores também aplicaram um teste psicológico – e constataram que as pessoas com córtex mais fino eram mais impulsivas.

Fonte 1. Association of Cannabis Use During Adolescence With Neurodevelopment. M Albaugh e outros, 2021.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)