Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Fã de CSI ajuda a desvendar assassinato na Espanha

Fã da série, faxineira encontrou e guardou provas que a polícia deixou passar

Por Ana Carolina Leonardi
Atualizado em 11 mar 2024, 10h04 - Publicado em 27 abr 2016, 14h00

Quem disse que ver série é perda de tempo? O tempo que Carmen Moreno passou assistindo CSI valeu a pena quando ela encontrou provas essenciais para solucionar um assassinato em um parque em Sevilla, na Espanha, usando técnicas que ela aprendeu nas séries de investigação criminal.

Carmen trabalha no parque Maria Luiza, onde uma mulher de 31 anos foi encontrada morta em um banco. A investigação da polícia concluiu que se tratava de um suicídio. A cena do crime foi liberada e a equipe de limpeza foi chamada. Enquanto varria folhas, Carmen encontrou lenços e protetores íntimos com sangue.

Ela estranhou que a polícia não tenha encontrado antes as evidências e decidiu guardá-las. E, segundo aprendeu em CSI, tomou cuidado para não contaminar nenhuma prova. Estava sem luvas, então usou uma sacola plástica para pegar os objetos e os separou em 8 saquinhos.

LEIA: Ciência contra o crime

Continua após a publicidade

Mais tarde, a autópsia mostrou que não se tratava de suicídio. A vítima chegou a tomar tranquilizantes, mas não teve uma overdose. Segundo o exame, ela sofreu um estupro violento e morreu por conta dos machucados causados pelo ataque.

A primeira coisa que a polícia fez foi ligar para a equipe de limpeza e checar se, por acaso, eles ainda não tinham jogado fora o lixo daquela manhã. O turno de Carmen já tinha acabado quando seu chefe entrou em contato. Ela explicou exatamente onde estavam guardados os saquinhos com as provas.

Usando as evidências que Carmen guardou, a polícia conseguiu amostras de DNA do agressor. Comparando com a base de dados, eles descobriram que o assassino era um homem de 46 anos com um histórico anterior de violência.

Continua após a publicidade

Treze dias depois das descobertas de Carmen, o homem foi encontrado e preso pelo crime. As provas encontradas pela fã de séries serão parte essencial do seu julgamento.

Carmen espera agora um convite para assistir a uma autópsia de perto, segundo contou a um programa de rádio da Espanha

LEIA TAMBÉM:
Ken Goddard: o CSI da preservação ambiental
– Relembre 30 grandes detetives da ficção
– Jogue e encontre as pistas: CSI – Ciência Contra o Crime

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.