GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Elevador herói

Plataforma voadora pode ajudar bombeiros a resgatar pessoas de prédios em chamas.

Tragédias como o incêndio no Edifício Joelma, em São Paulo, que matou 188 pessoas em 1974, e, mais recentemente, o atentado às torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e, 2001, poderiam ter proporções menores se ocorressem dentro de alguns anos. Pelo menos é isso que o cientista David Metreveli pretendia quando inventou uma plataforma aérea de resgate, batizada Eagle Flying Platform. Feita de epóxi, um material leve, a estrutura tem quatro motores de aeronave e é capaz de alcançar alturas muito maiores do que as conseguidas pelas escadas de bombeiros. Lá no alto, a plataforma pára, como um elevador, de andar em andar, para resgatar as vítimas de um incêndio. Até dez pessoas de cada vez cabem sobre ela. A geringonça pode também entrar em ruas muito estreitas e em outros lugares não apropriados para a cestinha de resgate dos helicópteros.

A Eagle “decola” por meio de jatos de ar criados por espécies de ventiladores, e seus movimentos são controlados com o ajuste do ângulo desses equipamentos. Além disso, a plataforma é equipada com um sistema de segurança, que lhe permite “aterrissar” com apenas dois de seus motores funcionando. De acordo com Metreveli, sua empresa – a DM AeroSafe Group, em Israel – já está planejando um protótipo elétrico de uma plataforma menor, que poderá ser operada por controle remoto.