GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Guerra fedorenta

Pouco tempo depois o prédio estava vazio.¿ Bin Laden que se cuide.

Rodrigo Cavalcante

Imagine um cheiro tão repugnante, tão indescritivelmente horrível, que você fica sem conseguir pensar ou falar e mal pode respirar – a única reação possível é correr. Uma bomba que solta um odor assim está sendo pesquisada pelo Pentágono. O exército americano quer usar o fedor para afastar tropas inimigas, multidões hostis e cercar zonas militares proibidas – seria possível evacuar um prédio em minutos com a catinga. “Essa arma nos daria uma grande capacidade ofensiva contra grupos rebeldes”, diz George Rhynedance, porta-voz do Pentágono. “E minimizaria os riscos de ferimentos entre os soldados e os próprios inimigos.” A psicóloga Pamela Dalton, do Centro Monnell de Química dos Sentidos, em Filadélfia, Estados Unidos, uma das responsáveis pelas pesquisas com o cheiro, já atestou a eficiência da nova arma. “Uma vez liberamos acidentalmente o cheiro no laboratório”, diz. “Pouco tempo depois o prédio estava vazio.” Bin Laden que se cuide.