Clique e assine a partir de 8,90/mês

Satélite de Júpiter on the rocks

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h31 - Publicado em 30 set 1996, 22h00

No ano passado, o Telescópio Espacial Hubble mostrou que Europa, um dos quatro maiores satélites de Júpiter, tem uma tênue atmosfera de oxigênio (veja Supernotícias, ano 9, número 8). Agora, a nave Galileu descobriu que sua superfície é coalhada de bancos de gelo, como os existentes nos pólos terrestres. Pelo raciocínio dos pesquisadores, se há pedaços de gelo boiando, então há água líquida por baixo deles. Além dos bancos de gelo, a Galileu fotografou de perto também longas estrias escuras, marcadas por uma linha branca ao centro. Parecem rodovias com a faixa central que divide a pista, vistas do alto. As marcas podem ser areia suja lançada pela erupção de geisers e transportada pelo movimento do gelo sobre enormes poças de água líquida do subsolo. E vem mais novidade por aí. A Galileu fará outros sobrevôos mais próximos ainda de Europa, a partir de dezembro.

Publicidade