GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Tablets e smartphones viram arma de guerra

Quatro mil soldados do exército dos EUA já estão testando um novo tipo de arma: tablets e smartphones equipados com aplicativos especialmente desenvolvidos para ajudar no front

Fernando Badô

Bullet fight

Roda em – Android

Como é – Ajuda atiradores de elite a acertar alvos distantes centenas de metros com apenas 1 ou 2 tiros. O aplicativo computa a velocidade do vento, a distância, a temperatura e a altitude para calcular o desvio que a bala sofrerá em sua trajetória.

Telehealth Mood Tracker

Roda em – Android e iOS

Como é – Monitora a saúde mental. Periodicamente, o recruta deve responder a um questionário. O aplicativo analisa as respostas e detecta indícios de estresse, ansiedade, depressão e até lesões cerebrais.

Soldier eyes

Roda em – Android

Como é – Indica a posição das tropas no campo de batalha, mostrando quem é aliado ou inimigo. Também tem um recurso de realidade aumentada (o militar aponta o celular para alguma pessoa ou veículo e recebe informações sobre ele).

Transtac

Roda em – Tablet com Windows

Como é – Tradutor de voz em tempo real. Basta falar uma frase e o aplicativo instantaneamente lê, em outro idioma, em voz alta. Por enquanto, entende pashto (idioma falado no Afeganistão) e inglês.

Disaster relief

Roda em – Android

Como é – Ferramenta de mapas que orienta tropas e entidades de ajuda humanitária em áreas de guerra ou atingidas por desastres naturais. Os mapas são criados de forma colaborativa e ficam disponíveis no Google Maps e no Google Earth.