GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Um passo à frente do OLED

Samsung deve lançar nos próximos meses, nos Estados Unidos, a primeira televisão com tecnologia Micro LED – que reúne as qualidades das telas OLED e LCD, como alto brilho, cores intensas e contraste perfeito. Veja como ela funciona

LED-LCD
Uma corrente elétrica altera o estado físico do cristal líquido, que se torna opaco ou transparente – acendendo ou apagando cada pixel da tela. O problema é que, como o cristal não emite luz própria, a tecnologia requer um backlight (iluminador) traseiro. Trata-se de um LED, que fica sempre ligado. Isso causa vazamento de luz e prejudica o contraste da tela.

OLED
A tela é feita de materiais orgânicos, como a polianilina, que emitem luz ao receber corrente elétrica. Por isso, ela não precisa de backlight. A vantagem é que a tela apresenta mais contraste e cores mais profundas. A desvantagem é que os pixels emitem menos luz, e por isso a tela tem menos brilho. Ela também pode ficar manchada por imagens estáticas.

Micro LED
A tela é formada por LEDs microscópicos, cada um do tamanho de um pixel (100 micrômetros, a espessura de um fio de cabelo). Eles produzem a própria luz, dispensando o iluminador, e por isso a tela tem contraste e cores perfeitas. E também produz muito brilho. Resultado: brilho e durabilidade das televisões LCD, com contraste e cores de OLED.