Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Publicidade

Tudo sobre MALÁRIA

A doença negligenciada (que acaba de ganhar uma vacina aprovada pela OMS) deu uma vantagem darwiniana inesperada a pessoas com a forma branda de um problema chamado anemia falciforme.
O imunizante levou 34 anos para ser desenvolvido – e é o primeiro aprovado para uma doença parasitária.
O imunizante é o primeiro a alcançar a eficácia almejada pela OMS. Entenda por que é tão difícil desenvolver uma vacina contra a doença que mata 400 mil pessoas por ano.
O parasita da malária se esconde no sangue humano alterando a forma como seus genes funcionam
Saúde

Nos períodos de seca, parasita da malária se esconde no sangue de hospedeiros

Por Carolina Fioratti Atualizado em 27 out 2020, 17h30 - Publicado em 27 out 2020, 17h26
Descoberta pode ajudar cientistas a encontrar maneiras de conter a doença. Entenda.
Vicente França
Saúde

Vem, Nobel: o casal de brasileiros que inventou a vacina da malária

Por Nádia Pontes, editado por Tiago Jokura Atualizado em 8 out 2021, 15h00 - Publicado em 3 out 2016, 15h30
Ruth Nussenzweig fugiu da Áustria ainda criança, para escapar dos nazistas. Depois, fugiu com Victor do Brasil para escapar dos militares. Entre uma fuga e outra, estão por trás da vacina histórica que a OMS acaba de aprovar.
Todo mundo sabe como são os zumbis: Eram seres normais e saudáveis que, depois de infectados por um vírus (ou poção, ou qualquer coisa – depende da história), se tornam máquinas de perseguir humanos, sedentos por seu líquido essencial —-> o sangue. O que nem todo mundo sabe é que: isso já acontece na natureza. […]
566f051882bee174ca0308e4malaria.jpeg
Mundo Estranho, Saúde

Qual é a doença que mais matou gente na história da humanidade?

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h18 - Publicado em 18 abr 2011, 18h55
Tudo indica que foi a malária. Estima-se que, descontadas as guerras e as mortes acidentais, essa doença foi responsável por metade dos óbitos da história da humanidade desde a Idade da Pedra, 600 mil anos atrás. “Na Grécia antiga, havia relatos de manifestações da malária. No auge do Império Romano, ela era comum na região […]
Publicidade