Blogs

10 imagens do furacão Irene

29 de agosto de 2011

O furacão Irene, que passou pela Costa Leste dos Estados Unidos este fim de semana, já contabiliza 32 mortos e cinco milhões de pessoas sem eletricidade, além de prejuízos que podem chegar a US$7 bilhões. Os danos foram bem menores que os causados pelo furacão Katrina, que passou por Nova Orleans em 2005 e provocou prejuízos superiores a US$ 80 bilhões (R$ 112,3 bilhões) e provocou a morte de mais de 1800 pessoas.

Irene chegou ao grau 3 na escala de destruição que vai a 5, mas perdeu força ao chegar nos Estados Unidos e tornou-se uma tempestade tropical. Apesar de ter passado por Manhattan (em Nova York) enfraquecido neste domingo, o furacão castigou outros lugares. O pequeno estado de Vermont (noroeste), fronteira com o Canadá, foi um dos mais atingidos e enfrenta as inundações desde 1927, segundo as autoridades. Cerca de 260 estradas sofreram estragos.

Selecionamos as imagens mais impressionantes do fenômeno para você ter uma ideia das suas dimensões.


Imagem: New York Post

Pai e filha sentam-se nas escadas do que era sua cabana em Nags Head, na Carolina do Norte, totalmente destruída pelo furacão Irene. A casa, que havia sido construída em 1903 e era uma das primeiras casas de férias construídas na região, estando no Registro nacional de Lugares Históricos desde 1963.


Imagem: Steve Helber/AP

Estrada partida em cinco lugares em Hatteras Island, Carolina do Norte, deixando 2500 pessoas isoladas.


Imagem: NYT

Greenwich, Connecticut.


Imagem: ABC

Estrada East Lake em Woodstown, Nova Jersey


Imagem: Tumblr

Estação de trem em Princeton, Nova Jersey



Imagem: BuzzFeed

Wilbur’s Point em Fairhaven, Massachusetts


Imagem: BuzzFeed

Os fortes ventos, que chegaram a 160 km por hora, arrancaram o revestimento de casas em Nags Head, Carolina do Norte.

Imagem do satélite GOES-13, da Nasa, mostra Irene 28 minutos antes de chegar em Nova York, no domingo. A imagem mostra uma enorme cobertura de nuvens sobre a Nova Inglaterra, Nova York e Toronto, no Canadá. As sombras nas nuvens indicam as tempestades que cercam o furacão.

Moradores e comerciaram protegeram casas e estabelecimentos com barricadas e deixaram placas mandando Irene ir embora.

httpv://www.youtube.com/watch?v=OTji4qwE4lg&feature=player_embedded

Vídeo feito pelo satélite GOES-13 da Nasa mostra imagens captadas a cada 30 minutos que mostram o furacão desde o seu nascimento no Caribe até a sua dispersão, que aconteceu hoje ao sair dos Estados Unidos.

Leia mais:

Catástrofes que podem acabar com o mundo

 

 

Comente!