GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A volta de Jon Snow é cientificamente possível

​We know nothing - o segredo do Lord Commander foi ter morrido em Castle Black

ALERTA DE SPOILERS: O texto a seguir contém informações sobre o quarto episódio da sexta temporada de Game of Thrones.

.

.

Quando o corpo de Jon Snow caiu na neve e uma mancha negra de sangue começou a se formar ao redor dele no final da última temporada de Game of Thrones, os fãs da série entraram em pânico. Não era possível, mas era verdade – o Lord Commander da Patrulha da Noite estava morto. Só que quem acompanha a narrativa já está calejado com esse tipo de facada inesperada – em Westeros tudo é possível e nada dura para sempre: nem a morte.

Game GIF - Find & Share on GIPHY

No início da temporada seguinte, o personagem interpretado por Kit Harington volta a respirar depois que Davos Seaworth pede a sacerdotisa Melisandre que ressuscite Snow. A Mulher Vermelha, aquela mesma que dá à luz ao demônio de fumaça negra, murmura algumas palavras em valeriano antigo e Jon revive – para surpresa dos fãs e dele próprio, que parece apavorado com o que acabara de acontecer.

Se a selvagem Ygritte ainda estivesse viva, provavelmente pararia de dizer a famosa frase: “You know nothing, Jon Snow”. O bastardo de Ned Stark foi esperto na hora de morrer. Seu principal segredo para voltar do além foi ter morrido em Castle Black. Na cena em que a Melisandre faz seu ritual do Senhor da Luz, o corpo de Snow não mostra nenhum sinal de decomposição: está bem conservado e as facadas parecem não ter atingido o coração. O estado perfeito pode ser explicado por dois motivos – ou o ritual foi feito pouco tempo depois da morte do Lord Commander ou fazia tanto frio na sede da Patrulha da Noite que o cadáver não entrou em decomposição.

Na fantasia de George R. R. Martin, sacerdotes vermelhos conseguem ressuscitar os mortos independentemente do clima. Mas, no nosso mundo não existe Melisandre e a temperatura dos cadáveres é fundamental – quanto mais frio melhor.

“Somos levados a acreditar que a morte é um momento irreversível – que quando você morre, não pode voltar. Isso era verdade, mas hoje, com a descoberta de técnicas de massagem cardíaca, sabemos que as células dentro do corpo não morrem exatamente no momento em que você morre”, afirmou o cientista Sam Parnia, da Universidade de Stony Brook, em entrevista à BBC. O que Sam quer dizer é que, mesmo depois de morto, é possível recuperar um cadáver – e isso não inclui rituais mitológicos ou fantásticos.

LEIA: Entenda o fanástico sexo dos dragões de Game of Thrones

EPR suína

Há dois anos, uma equipe do Hospital Presbiteriano da Pensilvânia, coordenada pelo Dr. Samuel Tisherman, fez vários experimentos para manter vivas pessoas que foram baleadas. Para conservar os corpos, eles trocaram o sangue por uma substância química congelante – o termo científico para isso é EPR(sigla em inglês para Preservação e Ressuscitação de Emergência). Esse processo é como uma volta a mais no relógio para os médicos terem mais tempo antes de operar os pacientes sem se preocupar com a perda de sangue.

A equipe simulou ferimentos parecidos com tiros e facadas em porcos sedados. Os animais já não tinham pulso e a maioria deles tinha perdido metade do sangue. Mas a intenção não era matá-los para sempre(?!), então colocaram um tubo na aorta dos porcos para bombear o resto de sangue para fora e injetar um líquido a 10ºC. Eles foram mantidos assim durante toda a cirurgia para recuperá-los dos ferimentos. Depois da operação, a substância de refrigeração foi substituída por sangue de outros porcos da mesma idade. O resultado: quase todos “ressuscitaram” depois da transfusão.

Mas o que o experimento da Pensilvânia tem a ver com a volta do Lord Commander? Muito. Os cientistas descobriram que o sangue não é necessário para manter as células vivas quando o metabolismo está parado. E, como deu para ver no último episódio da quinta temporada, Jon Snow perdeu bastante sangue. Ou seja, o tamanho da poça que se formou ao seu redor não foi um fator determinante para a ressurreição.

Ok. Snow abriu os olhos e está vivo. O que aconteceu com seu cérebro enquanto estava estirado naquela mesa em Castle Black?

Quando alguém está congelado, não quer dizer que esteja imóvel. Mesmo nessa circunstância, o cérebro ainda está conectado ao resto do corpo. Não é o que parece, mas é. Cientistas perceberam que quando uma pessoa está congelada de maneira induzida, o metabolismo desacelera para economizar energia e prevenir danos cerebrais por falta de oxigênio. Estamos a três episódios da surpreendente volta de Jon Snow e até agora ele não parece ter dado sinais de traumas ou

Se Melisandre vivesse no mundo real, ela não seria a sacerdotisa de R’hllor, o Senhor da Luz. A Mulher Vermelha seria apenas uma charlatã matando porcos e gritando contra a ciência.

Game Of Thrones GIF - Find & Share on GIPHY