GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como o Mais Médicos escancara a desigualdade nacional

Existem dois Brasis: um onde salário de R$ 12 mil é considerado baixo; e outro onde condições básicas de saúde são um luxo inacessível.

O Mais Médicos teve 1.052 desistências nos últimos 3 meses. 15% da força de trabalho do programa não suportou ganhar R$ 12 mil por 40 horas semanais.

Tendo em vista que a média salarial do país é um sexto disso, a notícia, divulgada no final da semana passada, causa alguma surpresa. Mas o meu ponto aqui não é criticar os médicos. Se o profissional acha que R$ 12 mil não bastam, então não bastam. Pronto. Até existe uma lei aí, de 13 de maio de 1888, que coíbe severamente a ideia de obrigar alguém a trabalhar por menos do que acha justo sem o direito de pedir demissão.

O governo, então, que se vire para atrair mais médicos, observando a Lei Áurea na eventualidade de precisar de profissionais estrangeiros, e, provavelmente, pagando salários maiores – os 16 mil juízes que existem no Brasil ganham, em média, quase R$ 50 mil, bem mais do que o teto do funcionalismo público; e faz todo o sentido argumentar que um médico vale por 100 juízes.

O ponto é que esse índice de desistência diz algo sobre o maior problema do país: a desigualdade abissal. O Brasil que forma médicos é uma Bélgica, uma Holanda. Um lugar onde 12k por mês não bastam – pudera, isso mal paga uma mensalidade nas faculdades de medicina mais caras.O Brasil que precisa de médicos, por outro lado, é uma Somália, onde 12k é prêmio de loteria e os belgas de Pinheiros (SP), Ipanema (RJ), Aldeota (CE), Moinhos (RS), Batel (PR) e Barra (BA) têm nojo de pisar.Esse conceito nem tem nada de novo. Foi criado na década de 1970 pelo economista Edmar Bacha – um sujeito brilhante, que mais tarde faria parte da equipe que criou o Plano Real. Bacha disse que o Brasil era uma “Belíndia”: uma Bélgica ilhada numa Índia.O fato de estarmos exatamente na mesma 40 anos depois dá uma ideia bem acabada da distância que estamos de formar uma nação de verdade.
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. 12k é um ótimo salário para médico 40h, não seja um desonesto intelectual! Fale dos atrasos nos pagamentos da bolsa desde janeiro (não é fácil mudar de cidade, o q gera custos extras, e ter que se manter 2-3 meses sem receber um centavo do pagamento), das péssimas condições de trabalho (zero estrutura e pressão das prefeituras para o médico atender mais de 6 pacientes por hora, o que resulta em péssimo atendimento), e ainda muitos saíram para fazer a especialização (que é incompatível com a permanência no programa) o que só contribui para a melhoria da qualidade da assistência. Matéria muito rasa e falaciosa.

    Curtir