GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Baleias têm sua própria cultura, revela estudo

Cientistas monitoraram 1.647 baleias ao longo de 30 anos - e descobriram que elas transmitem informações de uma geração para a outra

As baleias beluga vivem nas águas frias do Oceano Ártico, mas atravessam longas distâncias, de até 6.000 quilômetros, durante o ano para fugir de regiões congeladas. Cada grupo de baleias segue sempre as mesmas rotas, frequenta sempre os mesmos pontos – e um novo estudo revelou o porquê disso. Cientistas do Canadá, da Rússia e dos EUA monitoraram a movimentação de 1.647 baleias ao longo de 30 anos, e constataram que as beluga transmitem informações sobre migração de uma geração para a outra. Ou seja: elas possuem sua própria cultura.

As informações são compartilhadas pela “voz” -as baleias beluga são capazes de emitir onze sons diferentes-, por expressões faciais e, menos frequentemente, por gestos com as nadadeiras. Segundo os cientistas, as rotas migratórias são ensinadas pela mãe ao filhote (cada fêmea tem um filho a cada dois ou três anos). A migração é vital para as beluga, porque elas só dão à luz em águas um pouco mais quentes, entre 10 e 15 graus celsius.

As beluga vivem em grupos de 10 indivíduos, em média, e são capazes de comportamentos complexos: em 2012, pesquisadores dos EUA descobriram que uma delas havia aprendido a imitar os sons da fala humana.