GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Cientistas encontram pegadas dos primeiros humanos na América

Acreditava-se que os primeiros homens na América vieram da Ásia aproveitando pontes terrestres que ligavam os continentes. Agora, temos provas

Uma das principais teorias sobre a chegada dos primeiros humanos às Américas é de que eles teriam migrado da Ásia usando uma rota pela costa do Pacífico durante o final da última era glacial. O nível do mar caiu, e isso pode ter revelado ligações terrestres entre os dois continentes, que nossos antepassados aproveitaram para ir de um ao outro. Apesar de ser uma teoria bastante plausível, ela tinha um problema: não havia nada que a comprovasse. Até agora.

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Victoria (Canadá) e publicado nesta quarta-feira, 28, na revista científica Plos One, mostrou que 29 pegadas de 13 mil anos foram encontradas sob sedimentos em uma ilha da Columbia Britânica, na costa canadense do Oceano Pacífico. Considerando que a era glacial entrou em declínio há 11,2 mil anos, tanto a idade quanto a localização das pegadas batem exatamente com a teoria da migração.

A área onde elas foram encontradas é conhecida por ser entremarés, ou seja, fica submersa durante a maré alta e exposta durante a maré baixa. Segundo os pesquisadores, o nível do mar na época em que nossos ancestrais passaram por lá era de dois a três metros mais baixo que o atual. As pegadas são de três tamanhos diferentes, e provavelmente foram deixadas por uma família composta por um casal de adultos e uma criança.

É possível que haja mais pegadas escondidas na região, mas a equipe de pesquisa acredita ter ido o mais longe possível com a tecnologia disponível atualmente. Por isso, os cientistas optaram por paralisar as escavações no local – e preservá-lo até o dia em que futuros pesquisadores possam voltar a explorar o local com métodos mais avançados.