Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

É normal ter pênis curvo?

Tudo depende da angulação da curvatura

Por Nina Weingrill
Atualizado em 8 Maio 2018, 15h47 - Publicado em 31 jul 2007, 22h00

Muito normal se a curvatura tiver até 30°, seja para o lado direito, seja para o esquerdo. “O pênis precisa ter uma curvatura leve para facilitar a penetração”, afirma o urologista Ricardo de La Roca.

Agora, quando o ângulo é mais acentuado, passando dos 45° no meio do membro, é considerado um defeito de nascimento. O pênis curvo congênito, deformação que atinge cerca de 0,6% dos homens, não causa dor, mas pode ser operado se incomodar na hora da transa.

Já a doença de Peyronie – descoberta em 1743 pelo médico do rei Luís 15, da França, François Gigot de La Peyronie –, é um pouco mais séria. Ela aparece em adultos e é capaz de entortar o pênis em até 90º, tanto para cima, quanto para os lados ou para baixo, dificultando de verdade a relação sexual.

É que, diferentemente das deformações congênitas, essa doença é causada geralmente por traumatismos repetidos no mesmo local. E aí, assim que o pênis fica ereto, um caroço inflamado não deixa o sangue circular direito e provoca dor.

Segundo dados da Associação Brasileira de Urologia, esse problema atinge cerca de 5% dos brasileiros, mas pode ser facilmente curado. Em alguns casos, os nódulos somem sozinhos; em outros, um antiinflamatório resolve. Se nada disso adiantar, basta uma pequena cirurgia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.