Clique e assine a partir de 8,90/mês

Maior furacão da História vai chegar ao México

O país já está se preparando para receber o furacão, mais poderoso e devastador que o Katrina, e o mais forte já registrado.

Por Ana Luísa Fernandes - Atualizado em 4 nov 2016, 19h00 - Publicado em 23 out 2015, 18h30

Patricia é o nome dele. O maior furacão da história promete chegar hoje no estado de Jalisco, no México, entre oito e nove da noite, horário de Brasília. Mas os impactos devem ser sentidos mais cedo, com ventos de até 100 quilômetros por hora atingindo os locais em estado de alerta.

Até agora, o posto de maior furacão era do Camille, que atingiu a Costa do Golfo dos Estados Unidos em 1969. Em um quesito o Patricia já superou todos os anteriores: a pressão central, que é importante para medir a força de qualquer tempestade, chegou a 880 milibares, menor número já visto na região. Quanto menor a pressão, mais forte o furacão.

A força de eventos naturais, como terremotos e tempestades, só pode ser calculada com precisão depois que eles acontecem. Até lá, muita coisa pode mudar, mas os especialistas não estão otimistas. Eles esperam que o Patricia continue enquadrado na categoria 5 quando tocar o chão. De acordo com a Escala Saffir-Simpson, a mais utilizada para medir tornados e ciclones, a categoria 5 é a mais perigosa.

Continua após a publicidade

A Agência Metereológica dos Estados Unidos disse que “Os residentes em áreas baixas perto da costa, onde existe o alerta do furacão, devem evacuar imediatamente, já que a temprestade pode ser catastrófica (…)”. Os aeroportos das cidades próximas foram fechados e 1.700 abrigos foram improvisados. Alguns hotéis e casas já foram evacuados.

 

 

Publicidade