GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Nós usamos só 10% do cérebro?

Você pode ter muitos defeitos, mas está livre dessa culpa

Os tais 10% são pura lenda. “Sabemos que grande parte do cérebro é utilizada. Isso explica por que até microlesões cerebrais podem causar danos graves e irreversíveis”, diz o neurocientista e pesquisador do Hospital Sírio-Libanês, Erich Fonoff. Quantos por cento então? “Atribuir um percentual é leviano. Para isso, teríamos que saber o que são os 100%. Ainda não chegamos a esse nível”.

Especialistas dizem que o “mito dos 10%” surgiu entre os defensores da paranormalidade. Para eles, utilizar 100% é exclusividade de quem levita, lê mentes e entorta garfos a distância, enquanto atividades do dia-a-dia limitam o resto de nós a apenas um décimo da “força do pensamento”. Bom, fora o suposto cálculo ser um chute, a ciência nunca provou a existência de telepatia, telecinese e fenômenos afins.

Mas e aqueles exercícios de aumentar a potência do cérebro? São mentira também? Nem todos. “O sistema nervoso é plástico. Se for estimulado, aumenta seu o potencial colossalmente”, diz o chefe do laboratório de Neurociências do Instituto de Bio-ciências da USP, Gilberto Xavier. Mas não tem nada a ver com porcentagem do cérebro utilizada: já que tarefas diferentes exigem uma combinação na atividade de diversas áreas cerebrais.