Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Em quais países não existe McDonald’s?

Saiba em quantos lugares não dá para comer Big Mac.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 21 Maio 2021, 12h19 - Publicado em 12 Maio 2021, 17h51

Muitos. Oito países deram um pé no Ronald. Um deles é a Bolívia, onde oito unidades sobreviveram por 14 anos, até 2002.

Além do nosso vizinho latino, um caso famoso é o da Islândia. Embora seja um país desenvolvido, a dificuldade logística de obter insumos padrão Méqui na ilha e o desinteresse da população fizeram a rede sair durante a crise mundial de 2008.

A lista de países que nunca viram um Big Mac é ainda maior: só quatro das 54 nações africanas têm franquias. O McDonald’s tem 35 mil restaurantes em 119 países e territórios. A ONU reconhece 193 países e 17 territórios (a contabilidade é difícil porque há locais com McDonald’s que não são nem uma coisa nem outra, como Porto Rico).

(No Brasil, são cerca de mil unidades. A rede se estabeleceu em 1979 – a primeira lanchonete foi instalada em Copacabana, no Rio de Janeiro.)

Continua após a publicidade

Seria o McDonald’s o maior império do fast-food? Em valor de mercado, sim. Em 2019, a rede dos arcos dourados foi considerada a marca mais valiosa nesse segmento: US$ 130,4 bilhões. O Starbucks vem em segundo lugar (US$ 45,8 bilhões); em terceiro, o KFC (US$ 17,2 bilhões). Em número de unidades, porém, o campeão é o Subway, com quase 43 mil lanchonetes espalhadas pelo mundo. Haja sanduíche.

Pergunta de @veiguinhaboy, via Instagram

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.