Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Plantas morrem de velhice?

Sim. Árvores milenares geralmente sucumbem antes a outros problemas, como desnutrição, desastres naturais e desmatamento. Mas isso não significa que elas não envelheçam.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
17 nov 2023, 11h25

Morrem sim. Algumas espécies têm ciclos de vida anuais, ou seja: já vêm com uma data de validade. Outras, de fato, alcançam idades milenares. Mas tudo tem limite. “Embora algumas plantas apresentem habilidades regenerativas extraordinárias e possam viver por longos períodos, elas não são imortais”, diz o botânico Carlos Joly, da Unicamp.

Só não sabemos bem como é a morte. O botânico Sergi Munné-Bosch, da Universidade de Barcelona, diz que há duas limitações ao estudo da senescência das plantas. A primeira é que não é viável monitorar um organismo por 5 mil anos. Por isso, não conhecemos bem os indícios de velhice.

Outro problema é que também é dificílimo encontrar esses matos idosos na natureza, já que a maioria esmagadora morre antes por causas externas (desastres naturais, animais herbívoros, deflorestamento, desnutrição etc.). Assim, é provável que quase nenhuma planta morra de velhice: é virtualmente impossível que elas não morram antes por outras causas. 

Pergunta de @thggomes, via Instagram.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.