Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Por que os mortos são enterrados a sete palmos do chão?

Pergunta de Gregório Queiroz, Campo Maior, PI

Por Oráculo
Atualizado em 2 fev 2018, 17h21 - Publicado em 21 set 2017, 13h11

Por que os mortos são enterrados a sete palmos do chão?
Gregório Queiroz, Campo Maior, PI

Quando a peste bubônica assolou a Inglaterra, em 1665, criou-se a regra de enterrar as vítimas a 6 pés de profundidade – ou sete palmos, algo em torno de 1,80 m.

Assim, cachorros não conseguiriam acessá-las, nem contaminar mais gente.

No Brasil, a medida varia entre 1,30 m e 1,60 m, dependendo do Estado ou da cidade.

Outros buracos

Depósito nuclear
A profundidade mínima para guardar lixo radioativo é de 400 m.

Continua após a publicidade

Mina de ouro
A mina Mponeng, na África do Sul, fica 4 km abaixo do chão.

Caverna
A Voronya, na Geórgia, está a 2.197 m no subsolo.

Fontes: Livros Images of Plague and Pestilence: Iconography and Iconology, de Christine M. Boecki e Um Diário do Ano da Peste

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.