Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Às vezes, alguém tem que ser realmente durão

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h47 - Publicado em 31 ago 1998, 22h00

Por que se chama de “caxias” uma pessoa muito certinha?

Ela deve ter o mesmo temperamento do duque de Caxias, o marechal Luís Alves de Lima e Silva (1803-1880), que era um chefe severo e minucioso. Caxias não relaxava 1 só segundo em suas funções e não tolerava relaxamento. Em 1866, ao assumir o comando do Exército na Guerra do Paraguai, instaurou normas tão rígidas que espantou a todos. Passou, por exemplo, a exigir que os comandantes fossem para a batalha na frente das tropas em vez de ficarem protegidos na retaguarda, como era de praxe. “Diz-se que chamou à atenção até de dom Pedro II”, afirma o historiador Deonísio da Silva, da Universidade de São Paulo. Os dois conversavam e, ao notar uma distração do imperador, Caxias disse-lhe que aquela atitude poderia custar-lhe a vida, caso estivesse em um combate. O termo “caxias” passou a designar aqueles que jamais deixam de cumprir suas obrigações. E cobram o mesmo comportamento dos companheiros.

Publicidade