GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como controlar meu gato?

A pergunta é de Alessandro Kauffe Lino, de Arroio dos Ratos, RS

1. Para não pedir comida a pessoas

Escolha um local da casa (que não seja ao pé da mesa ou da pia da cozinha) para alimentá-lo, condicionando-o a esperar pela comida num local fixo. Outra tática é nunca oferecer comida e afastá-lo sempre que ele investir. Com o tempo, ele perderá o interesse.

2. Para não arranhar

Ofereça opções para ele afiar as unhas. Espalhe arranhadores, bolas de sisal e caixas de papelão pela casa ou cole um pedaço de carpete na parede. Se não funcionar, coloque catnip (erva do gato) nesses lugares. Assim o gato terá opções mais legais que o sofá, as cortinas e os lençóis para arranhar.

3. Para não dominar a casa

Para entender o seu lugar, o bichano precisa ter as necessidades básicas atendidas: comida, água fresca e estímulos. Cerca de 90% dos problemas de demarcação podem ser resolvidos com castração, que diminui os níveis de hormônios sexuais e a necessidade de dominar o território.

Veja também

4. Para não subir em lugares indesejados

Escalar é um instinto que não pode ser proibido. Deixe os lugares “liberados” mais atrativos colocando petiscos – e coloque fita dupla-face nas superfícies em que não quer que ele suba – o bichano se incomoda ao encostar na fita. Para ele não subir na mesa, é bom não deixar nada pelo que ele se interesse em cima dela: isso inclui papéis, resto de comida e brinquedos.

5. Para não detonar as plantas

Uma boa ideia é ter plantas como citronela e lavanda, cujos cheiros são desagradáveis para o gato. Outra opção é espalhar grãos de café ou cascas de frutas cítricas nos lugares em que ele tenha tendência de parar, cheirar e bagunçar.

Fonte: Andréa de Paula, zootecnista e especialista em comportamento de cães e gatos da Amigos do Zorikão