Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Como funciona o Halterofilismo paralímpico

No levantamento de peso paralímpico, os valores impressionantes. O recorde em uma das categorias é de 280kg.

Por Felipe Germano Atualizado em 4 nov 2016, 19h18 - Publicado em 8 set 2016, 21h45

COMO FUNCIONAM AS PARALIMPÍADAS
CONHEÇA OS OUTROS ESPORTES |

O halterofilismo é uma das poucas modalidades que não possui múltiplas classes de deficiência. Para competir, você tem que se mostrar hábil nas avaliações, e competirá com pessoas que podem possuir deficiências diferentes.

As modalidades só diferem em relação ao peso do atleta, e não são poucas. Para os homens, existem as categorias -49kg, -54kg, -59kg, -65kg, -72kg, -80kg, -88kg, -97kg, -107kg e +107kg; já as mulheres, disputam em -41kg, -45kg,-50kg, -55kg, -61kg, -67kg, -73kg, -79kg, -86kg e +86k.

Os atletas deitam de costas sobre um banco fixo. Eles podem pedir que suas pernas sejam amarradas, para dar mais apoio na hora de levantar. Depois disso, a barra com pesos é posicionada sobre ele. Se for do desejo do atleta, ele pode requisitar um anilheiro – que retirará a barra do apoio. Após o “ok” do juiz, o participante deve trazer a barra para perto de si, e erguê-la novamente.

Cada atleta têm três tentativas. Se no fim das contas, empatar, ganha o competidor com menor índice de massa corporal. O participante ainda pode pedir uma quarta tentativa – que vale só para tentar quebrar o recorde mundial, não tem significado dentro da competição em si.

Continua após a publicidade
Publicidade