GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Das 50 cidades mais violentas do mundo, 21 são brasileiras

Levantamento feito pela ONG Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal coloca Fortaleza e Curitiba como algumas das cidades mais violentas do planeta

A gente sabe que o Brasil é um lugar violento. De acordo com o 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, publicado no ano passado, mais de 58,5 mil assassinatos foram registrados em 2014. São mais de 160 homicídios por dia. A novidade é que esses números estão deixando o país com cada vez mais destaque nos rankings de violência mundo afora. O mais recente, um estudo da ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, afirma que entre as 50 cidades mais violentas do mundo, 21 são brasileiras.

O estudo não explicita quantas cidades foram analisadas além das 50 apontadas no ranking, mas sua metodologia deixa claro que apenas localidades com mais de 300 mil habitantes entraram na conta – o que excluiu cidades em pequenos países, principalmente na África. Além disso, os dados tinham que estar disponibilizados na internet. A partir daí, a colocação se dava pelo número de homicídio dolosos (onde há intenção de matar), em proporção para cada 100 mil habitantes.

O Brasil é o país que mais ocupa o levantamento, mas a cidade mais violenta não fica por aqui. A pesquisa aponta que o local mais perigoso do mundo é Caracas, na Venezuela. De acordo com os dados exibidos, em 2015, o local registrou 3,946 homicídios entre seus 3,291,830 habitantes, deixando sua taxa em pouco mais de 119 assassinatos para cada 100 mil moradores do local.

LEIA: Ciência contra o crime

Na verdade, mesmo com a dominação brasileira, os índices da Venezuela apontam que nosso país vizinho consegue ser mais violento que a gente no panorama geral. Quando calculamos a média da violência ocorrida nas cidades brasileiras apontadas pelo estudo, vemos uma taxa de 40,5 homicídios. O número das localidades venezuelanas é de 76,6.

Em comparação com o ranking feito pela organização no ano passado, a ocupação do Brasil só cresceu. Mais de 30% para ser mais exato. Na última lista, 16 cidades brasileiras ocupavam a lista. Delas, a única que conseguiu deixar a tabela da nova edição foi Belo Horizonte.

Além das 21 Brasileiras, foram colocadas na lista 8 cidades da Venezuela, 5 no México, 3 na Colômbia, 2 em Honduras, 1 em El Salvador, 1 na Guatemala e 1 na Jamaica. De modo que 41 das cinquenta sejam localizadas nas Américas Central e do Sul. O restante da lista era preenchido por 4 cidades nos Estados Unidos e outras 4 na África do Sul.

A lista do estudo você vê abaixo, com as cidades brasileiras negritadas:

  1. Caracas (Venezuela): 119,87
  2. San Pedro Sula (Honduras): 111,03
  3. San Salvador (El Salvador): 108.54
  4. Acapulco (México): 104,73
  5. Maturín (Venezuela): 86,45
  6. Distrito Central (Honduras): 73,51
  7. Valencia (Venezuela): 72,31
  8. Palmira (Colômbia): 70,88
  9. Cidade do Cabo (África do Sul): 65,53
  10. Cali (Colômbia): 64,27
  11. Ciudade Guayana (Venezuela): 62,33
  12. Fortaleza (Brasil): 60,77
  13. Natal (Brasil): 60,66
  14. Salvador e região (Brasil): 60,63
  15. St. Louis (Estados Unidos): 59,23
  16. João Pessoa (Brasil): 58,40
  17. Culiacán (México): 56,09
  18. Maceió (Brasil): 55,63
  19. Baltimore (Estados Unidos): 54,98
  20. Barquisimeto (Venezuela): 54,96
  21. São Luís (Brasil): 53,05
  22. Cuiabá (Brasil): 48,52
  23. Manaus (Brasil): 47,87
  24. Cumaná (Venezuela): 47,77
  25. Guatemala (Guatemala): 47,17
  26. Belém (Brasil): 45,83
  27. Feira de Santana (Brasil): 45,50
  28. Detroit (Estados Unidos): 43,89
  29. Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil): 43,38
  30. Teresina (Brasil): 42,64
  31. Vitoria (Brasil): 41,99
  32. Nova Orleans (Estados Unidos): 41,44
  33. Kingston (Jamaica): 41,14
  34. Gran Barcelona (Venezuela): 40,08
  35. Tijuana (México): 39,09
  36. Vitória da Conquista (Brasil): 38,46
  37. Recife (Brasil): 38,12
  38. Aracaju (Brasil): 37,70
  39. Campos dos Goytacazes (Brasil): 36,16
  40. Campina Grande (Brasil): 36,04
  41. Durban (África do Sul): 35,93
  42. Nelson Mandela Bay (África do Sul): 38,85
  43. Porto Alegre (Brasil): 34,73
  44. Curitiba (Brasil): 34,71
  45. Pereira (Colômbia): 32,58
  46. Victoria (Mexico): 30,50
  47. Joanesburgo (África do Sul): 30,31
  48. Macapá (Brasil): 30,25
  49. Maracaibo (Venezuela): 28,85
  50. Obregón (México): 28,29

LEIA TAMBÉM:
A origem da criminalidade
E se não existisse polícia?
Qual a causa da violência?