Clique e assine a partir de 8,90/mês

Onde se ganha o pão se come a carne?

Três profissionais respondem se dá para namorar um colega de trabalho.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h52 - Publicado em 20 fev 2011, 22h00

Redação

SE COME
“Acho que a vida não pode ter regras assim. De qualquer maneira, o profissionalismo é indispensável para se ter uma longa carreira. É a mesma coisa que eu perguntar se você transa com todas as pessoas que entrevista.”
J.r. Duran, fotógrafo, – de várias capas da PLAYBOY, inclusive

COM MODERAÇÃO

“Está difícil seguir à risca esse ditado ultimamente, né? Para não colocar tudo por água abaixo: discrição. Não se peguem na empresa, não andem de mãos dadas e, no cafezinho, mantenham uma distância segura.”
Ana Canosa, psicóloga clínica, terapeuta e educadora sexual

SÓ SE FOR SÉRIO

“Se a relação não é tão sólida, tome cuidado para não se expor de maneira prejudicial dentro da empresa. Já pensou se você mudar de departamento por causa de um colega e logo depois terminar o namoro?”
Cecília Junqueira, diretora da Cecília Junqueira & Consultores

Publicidade