GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

6 categorias que o Oscar já premiou no passado

Em 2019, haverá uma nova categoria: "Melhor Filme Popular". Mas você sabia que já houve prêmio para coreografia, artista-mirim e até texto de filme mudo?

Com exceção da Meryl Streep, todo mundo fica ansioso para a divulgação da lista de indicados para o Oscar. E em 2019 haverá mais uma categoria para acompanhar: a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS) anunciou na última quinta (9) a criação do prêmio de Melhor Filme Popular, voltado para as produções de grande bilheteria do cinema – os bons e velhos blockbusters.

Além da nova categoria, a duração da premiação do ano que vem será menor. As mudanças foram interpretadas como uma forma de atrair mais público para o show, já que a audiência do Oscar desse ano foi a mais baixa já registrada. Dos nove filmes indicados a Melhor Filme, apenas dois conseguiram arrecadar mais de US$ 200 milhões de bilheteria (à título de comparação, Pantera Negra, um dos mais vistos de 2018, faturou cerca de US$ 1,3 bilhão).

Sim, talvez seja possível que os Vingadores apareçam no tapete vermelho, mas como a Academia ainda não divulgou quais critérios serão usados na escolha dos indicados, ainda é cedo para especular.

Para aquecer até lá, a Super resolveu listar as categorias do Oscar que não existem mais – seja pela evolução da indústria do cinema ou porque elas não faziam sentido.

Veja também

1. Melhor Coreografia

Em uma época em que no cinema, ainda predominantemente preto e branco, os musicais faziam sucesso, fazia sentido premiar as melhores performances de dança e os coreógrafos responsáveis por elas. Infelizmente a categoria durou apenas entre 1935 e 1937. No terceiro ano, uma reclamação do Sindicato dos Diretores da América sobre o uso da palavra “diretor” no nome original da categoria (em inglês, era dance direction), resultou em tretas que levaram o prêmio ao fim.

2. Melhor Entretitulagem

Você já assistiu a um filme mudo? Na primeira edição do Oscar, em 1929, havia uma categoria reservada para aqueles textos e diálogos que apareciam entre as cenas para explicá-las melhor. Por sorte, alguém deu a dica de que os filmes falados já eram tendência, e a categoria foi extinta no ano seguinte. O único vencedor deste raríssimo Oscar é Joseph Farnham, um dos fundadores da AMPAS.

3. Melhor Engenharia de Efeitos

O avô da atual categoria de Efeitos Visuais foi também foi entregue apenas na primeira cerimônia da premiação. O vencedor foi o longa Asas, que também levou o troféu de Melhor Filme – o único longa metragem mudo a vencer nessa categoria. Ninguém acreditava muito que os efeitos especiais tomariam conta do cinema – por isso, essa categoria só voltou a dar as caras no Oscar dez anos depois, já com o nome “Prêmio de Realização Especial para Efeitos Especiais”.

4. Melhor Elenco

Quem premiar nesse caso: o diretor de elenco, por escolher atores que se encaixaram perfeitamente nos seus respectivos papeis? Ou os próprios atores, que entram no personagem e são o que de fato torna o elenco bom? A categoria sequer chegou a existir, já que a proposta de incluí-la foi recusada em 1999. Mas há outras premiações em que ela aparece. Por exemplo: ela é a principal categoria do SAG Awards, organizado pelo Sindicato dos Atores, um importante termômetro para o Oscar.

5. Melhor Diretor Assistente

Fazer um filme não é tarefa fácil. Desde a criação do cinema existe o cargo de assistente de direção, responsável por ajudar o diretor a organizar a rotina do set de filmagens e garantir que tudo corra bem. A premiação para este profissional faz-tudo aconteceu entre 1933 e 1937. No primeiro ano, inclusive, nada menos do que sete pessoas levaram o prêmio. Hoje, é comum haver até três assistentes (ou mais), dependendo do filme.

6. Oscar Juvenil

Entregue de 1934 a 1960, o Academy Juvenile Award era um Oscar honorário, assim como alguns dos prêmios dados até hoje, que homenageiam a carreira e o conjunto da obra de determinado artista. No caso deste, atores e atrizes menores de 18 anos, mas que, de alguma forma, já haviam contribuído para o entretenimento. A diferença para as outras categorias era que nesta a estatueta era uma miniatura (há!) do troféu.