Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Conheça Jerusalém

Um dos pedaços de chão mais disputados do mundo é pura arqueologia

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h21 - Publicado em 31 jul 2008, 22h00

Texto Fred Linardi

ONDE FICA

Jerusalém, também chamada historicamente de Sião e Cidade de Davi, fica no Estado de Israel, que a considera sua capital – embora a Organização das Nações Unidas (ONU) jamais tenha reconhecido a cidade como tal. A Autoridade Nacional Palestina, que controla partes dos territórios da Cisjordânia e da Faixa de Gaza, também reivindica Jerusalém como capital para o seu futuro Estado independente.

Mais de 3 mil anos de história

1. TÚNEIS DO MURO

Ao longo de séculos, este labirinto de túneis, arcos e passagens subterrâneas permaneceu intocado. Várias descobertas foram feitas aqui – entre elas uma pedra que, acredita-se, tenha sido a maior já usada numa construção, com 12,5 metros de comprimento e pesando mais de 570 toneladas.

2. PASSAGEM SECRETA

Localizada abaixo de uma grande via, foi construída no século 12 para facilitar o trânsito entre a cidade alta e o monte do Templo. Em sua estrutura é possível notar elementos das Cruzadas e traços das culturas islâmica, romana e bizantina – tudo isso sob ruínas da época do Segundo Templo.

3. SALÃO DE HERODES

Suas paredes de pedras são decoradas no estilo típico das construções de Herodes, rei da Judéia entre 37 e 4 a.C., período em que a cidade esteve sob controle romano. O salão foi construído na mesma época do Segundo Templo e não se sabe qual era sua função – provavelmente um prédio público.

Continua após a publicidade

4. MURO DAS LAMENTAÇÕES

É parte da construção original do Segundo Templo, que os judeus construíram ao regressar do cativeiro na Babilônia, em 539 a.C. – exatamente no mesmo local onde existiu o Templo de Salomão. Trata-se do lugar mais sagrado do judaísmo. O resto do templo foi posto abaixo pelos romanos no ano 70 .

5. A CÉU ABERTO

Escavações conduzidas pelo arqueólogo israelense Benjamin Mazar a partir de 1968 nesta área revelaram portões arqueados que davam acesso ao Segundo Templo, várias miklevs (espécie de banheiras para purificação) e uma rua com 10 metros de largura, que estava sob escombros desde o ano 70.

Cidade sagrada

Uma das mais antigas do mundo, fundada pelo rei Davi em 1004 a.C.

O QUE É

Além de palco permanente de conflitos entre judeus e muçulmanos, Jerusalém é uma cidade sagrada para as 3 grandes religiões monoteístas: cristianismo, judaísmo e islamismo.

O QUE SE SABE

A arqueologia encontrou sinais claros de que a cidade foi conquistada pelo menos 25 vezes ao longo de seus 3 mil anos de história. Em 17 ocasiões, acabou completamente destruída.

O QUE NÃO SE SABE

Embora a existência de Jesus Cristo não seja questionada pelos arqueólogos, eles jamais encontraram evidências físicas de sua crucificação – que teria ocorrido nas proximidades da cidade.

Continua após a publicidade
Publicidade