GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Darwin em primeira pessoa

Nessa época, tucanos e jacarés eram tão misteriosos para os europeus quanto unicórnios. As memórias são um documento raro de um europeu descobrindo o diferente.

Leandro Narloch

O diário do beagle

Charles Darwin, UFPR, 526 páginas, R$ 55

Pela primeira vez, o diário de Charles Darwin durante a expedição no navio Beagle é publicado na íntegra em português. O pai da Teoria da Seleção Natural deu sua volta ao mundo entre 1831 e 1836, costeando a América do Sul , Oceania e África. Nessa época, tucanos e jacarés eram tão misteriosos para os europeus quanto unicórnios. As memórias são um documento raro de um europeu descobrindo o diferente.

Frase: “Estou com freqüência na situação do burro diante da palha e da água, de tantos lindos animais que geralmente trago para casa.”

Por que é imperdível: Um dos maiores gênios da humanidade conta suas aventuras.

• No Brasil, Darwin ficou encantado com a natureza, mas se irritou com as pessoas: “Os brasileiros possuem uma pequena quantia daquelas qualidades que dão dignidade à humanidade. Ignorantes, covardes, indolentes ao extremo; hospitaleiros e bem-humorados enquanto isso não lhes causar problemas; temperados, vingativos, mas não explosivos.”

• Ele também tomou o partido da abolição da escravidão, mas se surpreendeu com a vida dos escravos. “Acredito que os escravos são mais felizes do que esperavam ser ou do que as pessoas na Inglaterra pensam que eles sejam”, escreveu.