GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

É o gladiador

As montanhas de Brandwerg, onde foi encontrado o novo inseto, ficam a noroeste da Namíbia, numa região semidesértica conhecida como Costa dos Esqueletos.

Celso Miranda

Éuma mistura de grilo, bicho-pau e louva-a-deus; possui pinças em suas patas dianteiras e a disposição interna de seus órgãos é completamente diferente de gafanhotos e besouros. Este pequeno inseto encouraçado – daí seu nome Gladiador – de cor marrom e hábitos noturnos foi descoberto nas montanhas da Namíbia, na África setentrional, e surpreendeu a comunidade de entomólogos, pois não se encaixa em nenhuma das 30 ordens de insetos conhecidas até hoje. Para classificar o Gladiador, que não tem mais de 2 centímetros e se alimenta de aranhas, formigas e outros bichos, foi preciso criar uma nova ordem de insetos, a Mantophasmatodea, a primeira ordem animal descrita no século XXI (a última vez que isso tinha acontecido foi em 1912).

As montanhas de Brandwerg, onde foi encontrado o novo inseto, ficam a noroeste da Namíbia, numa região semidesértica conhecida como Costa dos Esqueletos. Pelo seu isolamento, elas são chamadas de montanhas-ilhas, por preservarem características naturais tão distintas que permitem a sobrevivência de formas de vida tal como eram há milhões de anos.