Clique e assine a partir de 5,90/mês

Por que alguns idiomas usam acentos e outros não?

Línguas latinas são as que mais levam acento

Por Da Redação - Atualizado em 23 abr 2018, 11h42 - Publicado em 31 mar 2000, 22h00

Para distinguir a pronúncia.

O uso varia segundo o grupo linguístico ao qual o idioma pertence. Enquanto línguas de origem germânica, como o inglês, não têm acentuação, as latinas, como o português e o espanhol, usam sinais gráficos para marcar alterações na entonação.

“No francês, uma palavra pode ter até três acentos para determinar se uma vogal é aberta ou fechada”, nota o linguista Ataliba de Castilho, da Universidade de São Paulo.

No grupo das línguas eslavas, como o tcheco e o polonês, usa-se acentuação para indicar mudanças de pronúncia até em consoantes. No tcheco, um “s” com um sinal parecido com “v” em cima passa a ter o som de “x”.

Castilho prevê que, no futuro, as línguas perderão seus acentos. “Tudo por causa da internet, pois os e-mails são redigidos sem acentuação nenhuma.” Ficarão mais simples, mas também mais pobres.

Continua após a publicidade
Publicidade