Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

O que é o tempo?

Se o presente só surge para virar passado, não daria pra dizer que o tempo é uma caminhada rumo à não-existência? Com a palavra, quatro personalidades.

Por Alexandre Versignassi Atualizado em 9 out 2017, 15h34 - Publicado em 31 jan 2006, 22h00

“Se não me perguntarem, eu sei o que é. Se tiver de explicar para alguém, não sei. O problema é que o passado não está mais aqui, o futuro ainda não chegou e o presente voa tão rápido que parece não ter extensão alguma. Aliás, se o presente só surge para virar passado, não daria pra dizer que o tempo é uma caminhada rumo à não-existência?”
Santo Agostinho – Bispo cabeça do século 5. Famoso por ter adaptado o pensamento da Grécia antiga ao cristianismo.

“É o jeito que a natureza deu para não deixar que tudo acontecesse de uma vez só.”
John Wheeler – Um dos maiores físicos do século 20.

“Uma ilusão. A distinção entre passado, presente e futuro não passa de uma firme e persistente ilusão.”
Albert Einstein – O cara.

“Não há fluxo. Os eventos, independentemente de quando ocorram, simplesmente existem. Todos existem. Eles ocupam para sempre o seu ponto particular no espaço-tempo. Se você estava se divertindo a valer no réveillon, você ainda está lá, pois esta é uma das localizações imutáveis do espaço-tempo.”
Brian Greene – Físico americano da Universidade de Columbia e autor bestseller de divulgação científica. Aqui o professor explica do jeito dele o ponto de vista de Einstein.

Continua após a publicidade
Publicidade