GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Sino “amaldiçoado” de ilha em que filmaram cenas de Harry Potter é roubado

Reza a lenda que o artefato amaldiçoa por 200 anos qualquer um que se atreva a tirá-lo de seu local de origem. Seria um feitiço?

Os sinos das igrejas cristãs medievais desempenhavam um papel fundamental no cotidiano da época. Eles eram usados ​​para chamar as pessoas locais para serviços de oração e missas e, em uma época em que não existia despertador, as batidas acabavam servindo também como marcação de tempo para os camponeses .

Para os mais místicos, no entanto, o toque de sinos tinham uma função complementar: afastar os demônios. Pena que não mantém longe também os seres humanos mal intencionados: segundo a Moidart History Group, organização que cuida de várias relíquias do Reino Unidos, ladrões roubaram um sino medieval de mil anos da remota ilha escocesa de St. Finan, que fica no Lago Shiel, nas chamadas ‘Terras Altas’ da Escócia.

Sino de mil anos roubado da ilha escocesa de St. Finan.

Sino de mil anos roubado da ilha escocesa de St. Finan. (Moidart History Grou/Divulgação)

A ilha, que fica a cerca de 180 metros das margens do lago, é o lar de uma capela de pedra arruinada do século 16, conhecida como Capela de San Finan. Acredita-se que ela foi a primeira igreja na Escócia dedicada a esse santo. Desde a morte de Finan, em 661 d.C., o local tem sido usado como cemitério para os chefes escoceses da região e como um lugar de peregrinação cristã.

O furto ocorreu no final de julho, mas os responsáveis não foram identificados até hoje. De acordo com a Moidart, o sino estava preso por uma forte corrente de bronze desde 2017, justamente para evitar esse tipo de problema – mas não adiantou.

Velha conhecida

O lago Shiel e a ilha ficaram famosos por terem sido usados como locações para os filmes da saga Harry Potter. O local acabou virando o famoso Lago Negro, que fica nos arredores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Não se lembra? Ele aparece na segunda tarefa do Torneio Tribruxo, em O Cálice de Fogo (como mostra a imagem que abre esta matéria). Outra cena icônica: o local foi palco do momento que Harry consegue montar no hipogrifo Bicuço pela primeira vez, sobrevoando as águas .Veja o lago escocês no vídeo abaixo:

Após os filmes, não são apenas cristãos que visitam a ilha: fãs de Harry Potter aumentaram vertiginosamente o turismo de lá.

Apesar de tudo isso, o mais curioso dessa história é que, de acordo com uma lenda antiga, o sino possui uma maldição de 200 anos para qualquer um que se atreva a tirar o precioso artefato do seu local de origem. Isso porque não é a primeira vez que o roubam: durante uma revolta em 1745, a relíquia foi furtada.

Depois do fim do levante, ao invés dos soldados britânicos levarem o sino encontrado de volta, um deles o saqueou. Os moradores ficaram furiosos, e o militar acabou pego e severamente castigado pelos locais. O objeto, em seguida, foi devolvido para a ilha.

Reza a lenda que, no entanto, foram os céus que não deixaram a relíquia ser roubada de lá, e daí criou-se a história da maldição. Um porta-voz do Moidart History Group afirmou, após o roubo recente: “Espero que a maldição seja verídica”. Se o sino for encontrado do nada, já saberemos o porquê.