GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Tenayuca: A pirâmide que crescia a cada 52 anos

A pirâmide de Tenayuca, na cidade de San Bartolo Tenayuca, cercanias da Cidade do México, ainda esconde enigmas. Desde que foi construída, no ano de 1224, pelo rei Xolótl, da civilização Chichimeca, acredita-se que tenha passado, no mínimo, por cinco reconstruções – cada uma delas sobreposta às anteriores. Elas foram erguidas em intervalos de 52 anos – período que correspondia ao século asteca. Tenayuca tem outro aspecto intrigante: três de seus lados são cercados por 52 esculturas de serpentes em pedra. Cada serpente representa um ano e as maiores, os melhores anos de agricultura. Pelas semelhanças, os pesquisadores acham que Tenayuca serviu de modelo para o Grande Templo de Tenochtilan, o mais famoso do povo asteca. Descoberta em 1925, a pirâmide era usada para rituais que incluíam o sacrifício humano. Desde 1993, ela está aberta ao público, como um museu com relíquias de cerâmica da época anterior à dominação espanhola.