GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como funciona um helicóptero de guerra?

Veja também como se tornar piloto

PERGUNTA DO LEITOR Franklin Freitas, via Facebook
ILUSTRA Murilo Araújo
EDIÇÃO Felipe van Deursen

 (Murilo Araujo/Mundo Estranho)

SISTEMA COMPLEXO
Qualquer helicóptero é formado basicamente por quatro partes: cockpit, apoiado sobre os esquis de pouso; rotor principal (a hélice), apoiado pela árvore de acionamento; corpo, com motor, tanque de combustível e sistema de transmissão; e cauda, com o rotor de cauda. A hélice tem peças alinhadas entre si, que permitem que a máquina suba ou desça. Aqui, mostramos o Boeing AH-64 Apache

 (Murilo Araujo/Mundo Estranho)

 

DUAS MÃOS E DOIS PÉS
Sozinha, a hélice principal faria o aparelho girar em 360o o tempo todo. Por isso há o rotor traseiro, controlado por dois pedais – o da esquerda joga a máquina inclinada para a esquerda. O da direita, para a direita. O piloto ainda usa o manche para subir, descer e ir para os lados, sem inclinação. Ou seja, ele acaba usando os dois pés e as duas mãos

 (Murilo Araujo/Mundo Estranho)

 

MÁQUINA POTENTE
Helicópteros militares conseguem carregar mais peso que os civis, além de serem, obviamente, mais resistentes para suportar ataques inimigos. Essa segunda característica é marcante no Apache, uma das máquinas mais importantes da atualidade. O arsenal carregado pode variar bastante

 (Murilo Araujo/Mundo Estranho)

PROTÓTIPOS PERIGOSOS
O helicóptero de guerra funciona de maneira parecida com o civil. Os primeiros protótipos surgiram no século 19, porém até os anos 1930 eles não eram confiáveis. A máquina deu as caras na 2ª Guerra Mundial, mas ainda em pequena quantidade. Ela ficou mais comum somente na Guerra do Vietnã, nos anos 1960

COMO SER PILOTO
O treinamento é intenso e as exigências são grandes. No Brasil, os pilotos são formados na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, SP (antes, é possível cursar o ensino médio na Escola Preparatória de Cadetes do Ar, em Barbacena, MG). Após se tornarem oficiais, eles fazem mais um ano de curso, em Natal, RN

FONTES Livros AH-64 Apache Units of Operations Enduring Freedom & Iraqi Freedom, de Jonathan Bernstein, e Apache Helicopter: The AH-64, de Matthew Pit; Boeing

Newsletter Conteúdo exclusivo para você