Clique e assine a partir de 8,90/mês

Como surgiu a lenda de contar carneirinhos para dormir?

De um conto de origem árabe do século 12.

Por Tiago Cordeiro - Atualizado em 4 jul 2018, 20h27 - Publicado em 1 out 2015, 18h09

pergunta Artur Carvalho, Itaituba, PA

ilustra Mauricio Planel

De um conto de origem árabe do século 12. A ideia de que contar animais de forma repetitiva provoca tédio e, consequentemente, sono era conhecida na Espanha, na época da dominação moura. O conto narra o caso de um rei que contrata um contador de histórias para ajudá-lo a dormir. O contador inventa o seguinte relato: um fazendeiro compra 2 mil ovelhas e precisa levá-las para casa em um barco que comporta apenas duas por vez – e o rei precisaria contar, uma a uma, as mil viagens. Publicado no livro Disciplina Clericalis, de Petrus Alphons, o conto foi recriado em um trecho de Dom Quixote. Ou seja, a história se espalhou pela Europa graças a ninguém menos que Miguel de Cervantes, no século 17. De lá, ganhou o mundo. Em tempo: a técnica nunca foi levada a sério pela comunidade médica, mas ainda assim, em 2001, pesquisadores da Universidade de Oxford a estudaram. Concluíram que não funciona.

LEIA TAMBÉM

Continua após a publicidade

– Quanto tempo uma pessoa pode ficar sem dormir?

– Quanto tempo na vida a gente passa dormindo?

FONTE Disciplina Clericalis, tradução para o inglês do manuscrito do século 15.

Publicidade