Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mulheres que mudaram a história: Wú Yí

Ela foi uma das personalidades mais poderosas da política da China no século 21. De tão independente, foi aposentada por ordem do partido

Por Tiago Cordeiro Atualizado em 14 fev 2020, 17h28 - Publicado em 6 mar 2018, 11h32
Maurício Planel/Mundo Estranho

O que foi: vice-primeira- ministra
Onde vive: China
Quando nasceu: 1938

A médica e ativista Gao Yaojie estava incomodando o governo chinês. Ela queria que o Ministério da Saúde desse atenção ao aumento dos casos de aids na cidade de Zhengzhou. Quando não foi ouvida, convocou a imprensa internacional.

Pois a ministra da saúde decidiu ouvir as reclamações de Gao Yaojie. Foi uma reunião curiosa: duas mulheres na sala e vários homens do lado de fora tentando ouvir a conversa. A ministra era  , uma das maiores lideranças da China neste século 21.

O episódio ajuda a entender o que aconteceu com as duas. Depois de ousar questionar o sistema político chinês, cada uma à sua maneira, ambas perderam expressão política. Gao Yaojie hoje vive no exílio, em Nova York.   acabou forçada a se aposentar em 2007.

DAMA DE FERRO
  nasceu na cidade de Wuhan, uma das mais importantes e populosas do centro do país. Perdeu os pais na infância e foi criada por seu irmão, oito anos mais velho do que ela. Estudou engenharia e se especializou na exploração de petróleo.

Acabou por se tornar gerente da refinaria Dongfang, uma das maiores da capital, Pequim. Dali seguiu para cargos públicos. Começou como vice-prefeita da cidade, bem na época dos protestos da Praça da Paz Celestial, em 1989, que provocaram um verdadeiro massacre ao ar livre.

Continua após a publicidade

Apesar da tragédia de relações públicas que o incidente representou, ela conseguiu convencer uma das categorias que vinha protestando, os mineradores, a voltar ao trabalho. Evitou assim um novo massacre, porque o governo estava pronto para agir com agressividade. A partir desse episódio,   se tornou a mulher que os homens poderosos mandavam para fazer o trabalho pesado.

E ela deu conta do recado com tamanha firmeza que acabou recebendo da imprensa local o apelido de Dama de Ferro da China (o equivalente da durona Margareth Thatcher para os ingleses).

  • PODER E INIMIGOS
    Como ministra do Comércio Exterior, ela negociou ajustes nas fábricas de seu país, de maneira a diminuir as reclamações dos americanos, que criticavam a exportação em massa de produtos piratas. Alcançou um meio-termo que permitiu à China entrar para a Organização Mundial do Comércio.

    Mas o auge da fama e do reconhecimento veio em 2003. Escalada para assumir o Ministério da Saúde,   saiu em busca de diálogo. Em contato com a Organização Mundial da Saúde e colegas americanos e europeus, ela forneceu informações cruciais para que o mundo aprendesse a lidar com a epidemia de gripe aviária. No mesmo ano, foi escolhida vice-primeira-ministra.

    Mas, nesse momento, sua fama incomodava. Ao chegar perto dos 68 anos, a idade em que tradicionalmente as autoridades políticas chinesas se afastam (ou são afastadas), a ministra deixou a vida pública. Pediu para ser esquecida e hoje leva uma vida bastante discreta.

     

    SEUS GRANDES ACERTOS

    • Foi transparente
      Sua postura durante o surto de crise aviária foi exemplar.   abriu dados da China e dialogou com ministros de outros países
    • Negociou bem
      Como chefe do comércio exterior, alcançou grandes vitórias para a China. Negociou ajustes na fabricação dos produtos para exportação
    • Ouviu opositores
      Era famosa por dialogar com pessoas contrárias ao regime político do país, mesmo que isso irritasse muitos líderes influentes

    SEUS GRANDES FRACASSOS

    • Perdeu parceiros
      A ministra fez de tudo para convencer a Coreia do Norte a encerrar o desenvolvimento de armas nucleares e reduzir a agressividade em relação ao Ocidente. Não conseguiu, e ainda provocou atritos diplomáticos entre as lideranças chinesas e norte-coreanas
    • Desagradou políticos
      No momento em que era muito popular e tinha um dos salários mais altos na classe política do país, foi compulsoriamente aposentada. Isso porque fez muitos inimigos e não conseguiu fazer os acordos políticos necessários para se manter

    DICA DE LIVRO
    Para explicar a epidemia de gripe, a Contexto publicou Pandemias, de Stefan Cunha Ujvari

  • Continua após a publicidade
    Publicidade