Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O que é chuva invisível?

Apesar de não ser muito comum, a chuva invisível pode "aparecer" no mundo todo

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h14 - Publicado em 18 abr 2011, 18h50

É aquele tipo de chuva que sai da nuvem normalmente, mas desaparece no meio da queda, antes de tocar o solo. Para quem vê esse espetáculo a alguns quilômetros de distância, a impressão que se tem é que a água que cai do céu some por mágica – daí os nomes “chuva invisível” ou “chuva fantasma” para descrever o fenômeno.

Os meteorologistas, porém, têm uma explicação muito simples para o mistério: as gotas de chuva desaparecem porque evaporam ao encontrar uma massa de ar seco no caminho para a terra. Na linguagem técnica, essa ocorrência é chamada de virga, e também pode acontecer com a neve que evapora no ar.

  • Relacionadas
  • Apesar de não ser muito comum, a chuva invisível pode “aparecer” no mundo todo, sempre em regiões em que o ar próximo ao chão possui menos umidade. “Em geral, a virga ocorre com gotas de chuva que caem dos chamados altos-estratos, um tipo de nuvem acinzentada e não muito grande. As gotas das nuvens de tempestade não costumam passar por esse tipo de processo, porque elas são maiores e estão menos sujeitas à ação do calor atmosférico”, diz o meteorologista Sergio Calvete, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em Cachoeira Paulista (SP).

    Se na terra a chuva invisível não faz diferença, para quem está no ar ela pode ser uma importante aliada. Tudo porque as gotas que somem com a evaporação indicam um caminho turbulento pela frente.

    Continua após a publicidade
    Publicidade