Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Por que as aves não têm dentes?

Por Yuri Vasconcelos Atualizado em 4 jul 2018, 20h29 - Publicado em 18 abr 2011, 18h48
608px-Secretary_Bird_with_open_beak

Porque eles não são mais necessários. Os antepassados desses animais, como o Archaeopteryx, uma mistura de ave com lagarto que viveu há cerca de 150 milhões de anos, tinham dentes bem desenvolvidos. Mas, com o tempo, a dentadura perdeu sua função e deixou de existir, dando lugar ao bico, que é um prolongamento das maxilas, os ossos responsáveis pela movimentação da boca. Como qualquer processo evolutivo, essa transformação radical não aconteceu de uma hora para outra e só foi concluída há algumas dezenas de milhões de anos, quando surgiram as aves atuais. Em vez de triturar a comida na boca, elas engolem a refeição inteira. E como elas se viram sem os dentes? A ausência de mastigação é compensada por um sistema digestivo poderoso, que conta com dois estômagos: um químico – o proventrículo, que começa a dissolver o alimento – e outro mecânico – a moela, que destroça o que sobrou do rango (veja ilustração abaixo). Só depois de passar por esse triturador natural é que a comida segue para o intestino e é absorvida.

Publicidade