Clique e assine a partir de 8,90/mês

Antibiótico,Shitaki com rã

Verificamos em laboratório que essas substâncias destroem as bactérias que mais causam problemas de infecção hospitalar

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h36 - Publicado em 31 ago 2000, 22h00

Não, não é um prato inédito do cardápio japonês. O charme dessa receita está no valor que tem como antibiótico. Segundo o químico brasileiro Carlos Bloch, do Centro Nacional de Pesquisa em Recursos Genéticos, em Brasília, DF, pelo menos quatro espécies de rãs brasileiras produzem em sua pele antibióticos naturais para se proteger. “Verificamos em laboratório que essas substâncias destroem as bactérias que mais causam problemas de infecção hospitalar, a Staphilococus aureus e a Pseudomonas aeruginosa”, diz Bloch. “E as substâncias são até 50 vezes mais fortes do que os nas famácias.” Embora não sejam tão eficientes quanto as rãs, os cogumelos também combatem as infecções. Eles contêm substâncias que ajudam o sistema imunológico humano a repelir invasores do organismo, como as bactérias. Além do shitaki, que é asiático, há um cogumelo brasileiro com as mesmas propriedades medicinais, chamado Agaricus blazei. Dele se extrai a muscarina, que já está sendo usada com êxito no combate à herpes

Publicidade