Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

O que fazer quando você tropeça, cai e se machuca

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h32 - Publicado em 31 ago 1998, 22h00

No caso de contusão, devemos fazer compressa quente ou fria?

Depende. Se você acabou de dar uma topada, torcer o pé, distender ou estirar um músculo da perna ou do braço, é melhor colocar gelo, durante 8 minutos, sobre a região. O frio é anestésico, contrai os vasos sanguíneos e diminui o inchaço e a dor.

”Mas, para uma lesão antiga, o melhor é fazer uma compressa quente”, diz o ortopedista Moisés Cohen, da Universidade Federal de São Paulo. O calor relaxa os músculos e minimiza as inflamações (veja o infográfico abaixo). Além das compressas, há também aparelhos que esquentam o machucado por meio de ultra-som ou microondas.

Se apenas algumas horas se passaram depois do acidente, a indicação é alternar frio com calor. Essa técnica, chamada de contraste, provoca um revezamento de contração e de descontração das veias, artérias e músculos da região machucada, ajudando a aliviar o inchaço. “O ideal é começar por uma compressa quente e, depois de 15 minutos, colocar o gelo”, ensina Cohen. “Essa troca deve ser repetida pelo menos três vezes.”

Como agem o frio e o calor

Se você acabou de se machucar, o melhor é gelo. Se já faz tempo, bolsa quente.

Continua após a publicidade

Frescor que alivia

1. Com a lesão, os vasos se dilatam e o plasma, que é a parte líquida do sangue, vasa para os tecidos. Isso cria o inchaço.

2. Com o gelo, os vasos se contraem e o plasma se concentra. Além disso, os nervos liberam o hormônio endorfina, que reduz a dor.

Bálsamo quente

1. Em lesões antigas, os músculos permanecem tensos e a região, inflamada.

2. O calor ajuda a relaxar. Ele atrai mais sangue à área machucada, oxigenando e reanimando os tecidos.

Continua após a publicidade
Publicidade