GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Videogame pode ajudar a tratar esquizofrenia

Jogo estimula parte do cérebro relacionada a alucinações verbais

Segundo um estudo conduzido pelo King’s College London’s Institute of Psychiatry, Psychology and Neuroscience e a Universidade de Roehampton, um jogo de videogame pode ser utilizado por pacientes de esquizofrenia para dominar a parte do cérebro relacionada às alucinações verbais.

Mas não estamos falando de nenhum blockbuster dos games, como Call of Duty ou FIFA. O jogo é bem mais simples. Ele consiste em aterrissar um foguete – usando apenas o cérebro, sem joystick.

Os cientistas selecionaram 12 pacientes graves, que sofrem alucinações auditivas -ouvem vozes- todos os dias. Para movimentar o foguete na tela, eles tinham de imaginá-lo se mexendo na direção desejada. Isso fazia com que os cérebros dos esquizofrênicos gerassem determinados sinais elétricos – que eram captados por um aparelho de ressonância magnética e traduzidos para o game, onde o foguete se movia.

Veja também

Os pacientes relataram um efeito benéfico enquanto jogavam: eles conseguiam ignorar suas alucinações auditivas. Além disso, depois de várias partidas do jogo, eles se tornaram capazes de fazer isso mesmo sem a distração do game. Segundo os pesquisadores da universidade, a técnica pode ser utilizada para ajudar vítimas de esquizofrenia que tem dificuldades para controlar alucinações, mesmo sob o efeito de medicação. O estudo foi publicado no periódico Translational Psychiatry.