GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Eleições 2018: sites e apps que ajudam você a escolher seus candidatos

Ainda não sabe em quem votar? Essas plataformas apontam quais políticos têm mais a ver com o Brasil que você quer

Não são nem dois nem três os votos que cada eleitor terá que dar nas eleições deste ano. São seis os cargos que estão em disputa: presidente, governador, dois de senador, deputado federal e deputado estadual.

Conheça alguns sites e aplicativos que vão ajudar você a decidir em quem votar de forma consciente – além, é claro, de não atravancar a fila em sua seção eleitoral com dúvida na beira da urna.

Veja também

1. Match Eleitoral (www.matcheleitoral.folha.uol.com.br)

Se você é de São Paulo e ainda não escolheu seu candidato a deputado federal, vale a pena conferir a plataforma desenvolvida pelo jornal Folha de S. Paulo. A ideia é conhecer os políticos com propostas que mais se aproximam de questões e valores que o eleitor considera importantes. E é muito simples: basta responder a um questionário de 20 perguntas sobre temas ligados a comportamento, política e economia e atribuir pesos a cada um deles. Ao final, suas respostas são comparadas às dos candidatos (que também preencheram o questionário) e o sistema aponta aqueles com perfil mais parecido ao seu. Também é possível acessar, na íntegra, as informações fornecidas pelos políticos.

2. Appoie (www.appoie.com)

Este app é multifuncional: dá para dizer sua opinião sobre projetos de lei e outras propostas em tramitação no Congresso, conhecer os políticos que estão participando da corrida eleitoral e manifestar seu apoio aos seus candidatos favoritos. Inclusive, esse é o diferencial do aplicativo, já que os políticos mais apoiados pelos usuários ganham mais relevância dentro da plataforma. O sistema também aponta as “surpresas” que virão junto com o candidato que você escolher – isto é, quais outros parlamentares da mesma coligação também seriam eleitos com ele. A ferramenta está disponível para sistemas iOS e Android.

3. #TemMeuVoto (temmeuvoto.com)

Nesta plataforma, o eleitor responde até sete perguntas sobre o que quer para o Brasil. A cada resposta, o sistema vai selecionando candidatos que tenham os mesmos objetivos e, quando sobram apenas dez, é possível ter acesso a informações de cada um: partido, biografia, processos e condenações (se houver), posições ideológicas, prioridades… Mas o site ainda não está disponível – os eleitores só poderão usá-lo a partir do dia 10 de setembro, quando toda a coleta de dados tiver terminado.

Veja também

4. Vote na web (www.votenaweb.com.br)

O site mostra o que parlamentares que estão concorrendo fizeram em seus últimos mandatos (se contribuíram para a sociedade ou apenas tiraram férias com nosso dinheiro). Ele lista os projetos apresentados pelos políticos no Congresso, quantos foram aprovados e quantos ainda estão em tramitação. Outro ponto legal é que quem se cadastra pode votar nas propostas que ainda irão passar pela Câmara ou Senado. Depois de votadas pelos deputados ou senadores, o Vote na web compara o resultado real com o que os internautas tinham opinado.

5. Transparência Brasil (www.transparencia.org.br)

Criado em 2000, o site já virou fonte de consulta frequente para jornalistas. Ele disponibiliza históricos de todos os parlamentares do país, notícias de corrupção que os envolvem, processos a que respondem, além de dados de suas declarações de bens e quem financiou suas campanhas. É informação que não acaba – e tudo compilado de fontes oficiais.

6. #MeRepresenta (www.merepresenta.org.br)

A plataforma te ajuda a dar match com seus candidatos a partir de informações que você mesmo preenche. Entre elas, as pautas que considera mais relevantes (adoção por famílias LGBTs, cota para mulheres no Legislativo, combate ao feminicídio, descriminalização do aborto, defesa do meio ambiente…), o estado e a cidade em que vive, seu gênero e raça. O site ainda não está atualizado com os candidatos de 2018.

7. Bússola Eleitoral (www.bussolaeleitoral.org)

O foco aqui é escolher seus candidatos a deputado federal e estadual. Políticos e eleitores preenchem um questionário sobre seus valores e prioridades, e as respostas servem de base para a criação de um mapa em que o cidadão pode conferir as propostas e os perfis dos parlamentares.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você