Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Algoritmo do Google aprende a ser lenda do xadrez em só 4 horas

A inteligência artificial AlphaZero precisou de uma única tarde para aprender tudo sobre o jogo — e derrotar o campeão mundial robótico em uma melhor de 100

Por Guilherme Eler
Atualizado em 11 mar 2024, 17h55 - Publicado em 7 dez 2017, 19h14

Quanto tempo você levou para gravar que um cavalo só se movimenta em L, ou que o rei pode andar duas casas de uma vez com uma ajudinha da torre? E a primeira vitória contra um oponente à altura, veio quando? Para um algoritmo de uma subsidiária da Google, aprender isso e muito mais é tarefa para algumas poucas horas. Quatro, para ser mais preciso. Foi durante esse tempo que uma inteligência artificial desenvolvida pela DeepMind conseguiu se tornar uma lenda do xadrez e derrotar o adversário não-humano mais qualificado que alguém poderia arrumar para ela.

Se você é leitor da SUPER, talvez se lembre de que esta não é a primeira travessura ligada aos jogos de tabuleiro aprontada pela DeepMind. Essa mesma empresa de tecnologia foi responsável pela criação do AlphaGo, algoritmo que derrotou o campeão mundial de Go (jogo criado na China há mais de 2 milênios) no começo deste ano.

O desafio, agora, era outro. Ao invés de gravar as infinitas probabilidades de resultados do jogo chinês e disputar contra alguém de carne o osso, a ideia consistia em ensinar o computador do zero. Programado apenas com as regras do jogo, sem saber de nenhuma outra estratégia ou tática, o sistema foi submetido a uma técnica exaustiva de aprendizado de máquinas. O algoritmo deveria ensinar a si próprio a partir da repetição, jogando sozinho até ficar craque o suficiente para conseguir duelar com outros computadores. Foi assim que o AlphaGo virou AlphaZero, aspirante a Kasparov cibernético mais brilhante que se tem notícia.

O adversário escolhido foi o Stockfish, robô campeão mundial de xadrez (sim, isso existe), e a disputa aconteceu em uma melhor de 100. Dessa centena de partidas, o AlphaZero saiu invicto: venceu 28 (sendo 25 jogando com as peças brancas) e empatou 72. De acordo com a DeepMind, a diferença do robô campeão está na capacidade de processamento, mais próxima da humana. A AlphaZero consegue analisar até 80 mil posições por segundo, enquanto a capacidade da adversária, a destemida Stockfish, fica na casa das 70 mil. Haja bit para tanto cheque-mate.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.